sidekicks

Poderes voando a torto e a direito o/
 
InícioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Yy
Admin
avatar

Mensagens : 519
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 31
Localização : Everywhere

MensagemAssunto: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Qui Mar 15, 2012 12:20 am

Após algum tempo de discussão em vôo, o plano toma forma junto aos grupos que atuarão nele. Com o quadro completamente organizado, Katherine repassa os últimos pontos definidos.

- Inicialmente, Capris, Theron, Napalm e Razor farão check-in no hotel sob as identidades falsas. Capris será uma estudante italiana viajando durante o primeiro semestre do ano, como recompensa do pai pela conclusão de um curso de artes, junto à um acompanhante e dois seguranças. - A russa fala como uma estudante aplicada, passando o texto como se fosse parte de uma peça a ser decorada - Em alguns dias, uma amiga igualmente rica que estudou com ela irá se juntar.

- Fora das fachadas, os 4 membros imersos devem passar dias normais no hotel, esperando que a equipe de inteligência possa colher informações. Inicialmente, Alex irá fazer o trabalho de checagem do local, entrando no grupo após a conclusão da fase inicial. - Katherine diz, pausando a fala e se servindo de um copo de água, os olhos ainda presos no monitor e a fala impessoal.


- Para comunicação, Lúcia e Katherine estarão em um hotel que fica a duas quadras do Cassino, em uma cobertura. Todos os membros possuem celulares com uma linha segura para o quarto, e os dois seguranças possuem comunicadores em forma de ponto com uma faixa falsa encriptada. Devido às normas de segurança do local, Capris, Alex e Theron não terão nenhum aparato além do celular, que passa facilmente pela inspeção sem despertar suspeita.


Terminando de pontuar o fim do plano sem sequer substituir o próprio nome pela primeira pessoa, ela levanta os olhos cinzentos até os membros:

- Dúvidas?




[Caso alguém queira trocar / acrescentar algo, mande em off. Fiz um apanhado geral da parte de planejamento, qualquer coisa que tenha sido trocada eu edito cá, essa fala já é no fim da reunião]



Após alguns minutos, o painel anuncia a chegada do avião, abrindo o visor para uma câmera instalada na parte frontal. É possível ver o mar dando lugar à uma faixa de areia, pouco movimentada pelo horário e baixa estação. A nave começa a perder atitude, passando pela cidade e permitindo um voo panorâmico, as câmeras parecendo deslizar para a parte de baixo. Após alguns minutos, desce em um descampado de terra, movimentando-se sobre o local não cimentado surpreendentemente com pouca turbulência. Depois de mais de 15 minutos de espera, a porta se abre, revelando o sol a pino e uma bela paisagem quilômetros a frente, a costa do local ainda a vista, com ondas gentis arrastando a areia preguiçosamente.

Com as bagagens descarregadas e passageiros já fora, a nave se distancia novamente, partindo para outro voo. Antes de decolar, é possível vê-la adquirir um aspecto espelhado, inicialmente refletindo o chão e o sol, mas tornando-a difícil de perceber no ar, sem a mistura de grama e terra por baixo para ser refletida.

Katherine olha o local, retirando um par de óculos escuros da bolsa para proteger-se do sol de meio-dia do local. Pacientemente, a garota parece esperar algo, limitando-se a pedir um pouco de tempo para os demais membros.

Na estrada, pouco movimentada, surge um carro de marca, de tom cinza, que se afasta da estrada gentilmente para se aproximar, a poeira levantando pouco devido à baixa velocidade. Do banco do motorista, um homem alto e magro surge, vestido casualmente com um conjunto de jeans e uma camisa cinza estampada, os cabelos negros e finos cortados na altura dos olhos. Sem parecer estranho a situação, ele corre os olhos pelo grupo, parando em Katherine, que o cumprimenta com um aceno de cabeça educado. Retirando um documento do bolso e extendendo-o para Capris, um sorriso bonito se formando no rosto.

- A senhorita Katherine me pediu que entregasse em mãos - Ele diz, a voz firme e livre de sotaque, mãos firmes entregando os documentos - O carro já se encontra alugado no seu nome atual, no porta luvas estão os bilhetes do check out do voo de seu grupo em Atenas. - Tirando os olhos da italiana após entregar o bilhete, ele se dirige aos demais membros do primeiro grupo - Dentro de meia hora, um segundo veículo virá para me buscar junto aos demais membros. O carro possui GPS com o destino do hotel, creio que querer dirigir ele até o hotel seja parte do disfarce da senhorita.

Com um sorriso, Katherine parece aprovar a entrega pontual do veículo, enquanto o homem abre o porta malas e começa a colocar a parte da bagagem relativa ao grupo de infiltração no carro. Sorrindo, ela checa o relógio, voltando os olhos para o pessoal do primeiro grupo.

- Vocês tem o número para falar comigo diretamente caso seja necessário[Assumindo que foi passado durante o briefing]. Espero que não tenham tomado café da manhã, estamos na hora do almoço já. - Ela checa o relógio já ajustado no pulso, o sorriso dando lugar novamente à expressão séria, os olhos agora sobre Capris, Theron, Razor e Napalm. - A missão acaba de começar... I have faith in you. Godspeed.


Última edição por Yy em Sab Mar 24, 2012 8:06 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sidekicks.adoforum.net
Theron Alistair

avatar

Mensagens : 252
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sex Mar 16, 2012 10:35 am

(...) Devido às normas de segurança do local, Capris, Alex e Theron não terão nenhum aparato além do celular, que passa facilmente pela inspeção sem despertar suspeita.(...)


"Mas cê tá de brincadeira comigo..."

*Nervoso, gasta os últimos minutos de vôo pensando em como lidar com certo problema, mas tenta não demonstrar isso; difícil, já que lida com o tempo para aterrizagem como um contagem regressiva para alguma bomba. No tempo que o carro aparece no horizonte, Theron já parece mais aliviado*

*Ao receber o passaporte, ele o encara um pouco, processando o que é e para que serve. Como alguém disse que ali vai ter o nome falso dele, ele vai até Lúcia e*


-Ahn... pode... erh... por favor... ler meu nome para mim?

*A situação é constrangedora, mas não vê outra forma de agir*

*Assim que tem seu nome, enquanto os outros agirem/conversarem, Theron vai até Katherine. Ele tira algo parecido com um livro (20cmx15cmx03cm) de dentro do terno, fala algo baixo (mas, quem conseguir ouvir, não é em uma língua conhecida), e entrega para Katherine. Também fala com ela baixo, mas quem ouvir, ouviu*


-Assim como está confiando em mim nessa missão delicada, eu confio ela (se referindo ao objeto) a você. Não quero deixar ela sozinha no quarto do hotel, nunca se sabe quando alguém pode invadir... prefiro deixar sob sua proteção. E, por favor... não tente ligar, se conectar ou nada com ela. Por favor.

*Desnecessário dizer, mas Theron é sincero nas palavras*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gail

avatar

Mensagens : 184
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sex Mar 16, 2012 5:12 pm

- Ahn... eu sei que tecnicamente eu sou do grupo de infiltração - coça a parte de trás da cabeça, desajeitando os cabelos cor de rosa, que, estranhamente, tem jeito de serem naturais - Mas... eu vou nesse carro ou no outro? - ergue as sobrancelhas, com cara de interrogação para Katherine.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Capris

avatar

Mensagens : 280
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 32

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sex Mar 16, 2012 6:31 pm

*Capris verifica os documentos entregues a ela, procurando memorizar tudo que for de mais importante - nome, local e data de nascimento que provavelmente estão no passaporte, possivelmente o local onde estudou, filiação etc. Quando o homem menciona que querer dirigir o carro deve fazer parte da missão, ela passa os dedos de leve sobre o novo brinquedo, como se o acariciasse, e dá um sorrisão*
-Com certeza.
*Parece não se tocar de tudo que passou pela cabeça - e pelos lábios - de Tsvet, em maioria ela fica analisando os documentos. Então pergunta*
-Dias normais no hotel... Devo chamar atenção desde a chegada?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yy
Admin
avatar

Mensagens : 519
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 31
Localização : Everywhere

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sab Mar 24, 2012 8:36 am

No meio tempo antes da chegada do veículo, Katherine fica observando as ondas na costa, já de óculos, até que o carro surge na estrada, o corpo da cientista mudando o foco até ele desatento, como de uma menina que acordou de um sono tranquilo.

...

Ao receber o passaporte, Theron o encara um pouco, processando o que é e para que serve. Como alguém disse que ali vai ter o nome falso dele, ele vai até Lúcia e toca o ombro da garota levemente, perguntando:

-Ahn... pode... erh... por favor... ler meu nome para mim?

- Hm? ... Pietro Chesterfield - Ela diz, lendo automaticamente o nome ao lado da foto que Theron nunca tirou antes, o automatismo da resposta vindo antes do entendimento da pergunta. - Cidade de Veneza, Itália. - Ela ri - Imagine-se como um amante clássico que leva as garotas em barcas. Só que sem a parte de colocar baldes ou capacetes na cabeça. - O rosto da menina desenha um sorriso bonito, a brincadeira usual livre de um tom pejorativo e até simpática.


Do outro lado, Katherine ouve as perguntas de Alex e Capris, respondendo com a situação geral:

- O primeiro carro é para Capris, Theron, Ra... - Ela se detêm, os olhos cinzentos correndo pela Italiana, o Outsider e os dois não-tão-punks-de-aparência-atualmente, por debaixo dos óculos - Selina, Pietro, Richard e Nicholas. Nós duas iremos no próximo, para a parte de intel, e você irá chegar no hotel com o próprio, quando for pertinente.


No carro, o garoto acaba de colocar as malas no carro, com ajuda de Razor e Napalm, aparentemente já se ambientando à posição servil do disfarce.

-Dias normais no hotel... Devo chamar atenção desde a chegada?

Katherine dá de ombros, aparentemente sem uma resposta definida. Lúcia, entrando no bolo, improvisa uma resposta, enquanto a cientista se afasta para olhar novamente o horizonte, sendo interrompida por Theron, ao fundo, minutos depois.

- Jogue como se fosse eu - A garota sorri, a mão delicada no antebraço de Capris enquanto conversa, praticamente sem fazer peso - Acho que por ora o melhor é não se preocupar com o que fazer ou não, só crie uma segunda personalidade mais fútil e passe a agir de acordo. Se te derem motivo para barraco, barraque. Se te tratarem direitinho e tudo estiver confortável, é só se divertir. - Ela diz, jogando a cabeça para trás com a última frase, os cachos vibrando brevemente com o fim do movimento - Sem mim... - A testa da garota se franze, esvaindo a expressão calma e feliz para um suspiro inconformado.


Após mais um pouco de conversa, o grupo inicial finalmente está à postos, as 4 portas do carro abertas para que os membros entrem. À frente dos membros que ficarão para trás, Katherine retira os óculos, os olhos com um leve ar de cansaço mas firmes.

- Vocês tem o número para falar comigo diretamente caso seja necessário. Espero que não tenham tomado café da manhã, estamos na hora do almoço já. - Ela checa o relógio já ajustado no pulso, um breve sorriso dando lugar à expressão séria antes de terminar de nascer. - A missão acaba de começar... I have faith in you. Godspeed.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sidekicks.adoforum.net
Capris

avatar

Mensagens : 280
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 32

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Dom Mar 25, 2012 3:56 pm

*Ao ver Lúcia tristonha de ter que ficar de fora, Capris coloca uma mão no ombro dela e dá um leve sorriso calmo.

Com as breves palavras de confiança de Katherine, Capris sorri de volta e meneia a cabeça. Entra no carro se já puder, respirando fundo e assumindo a forma "riquinha mega mimada" - ou seja, imitando suas primas... Mas, de si mesma, ela deixa escapar a Capris que ama carros. Passa a mão pelo volante, coloca o cinto como quem acaricia um amante. Sorri. Espera que quem vai com ela entre, e dá a partida, se obrigando a se segurar pra não ultrapassar a velocidade máxima permitida ali.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gail

avatar

Mensagens : 184
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Qui Mar 29, 2012 11:37 pm


Alex se põe ao lado do rapaz bonito e fala para o grupo que entra no carro:

- Até logo, pessoal! Qualquer coisa gritem. Se alguma coisa por lá chamarem atenção de vocês, não se esqueçam de compartilhar comigo, posso averiguar melhor! - sorri, acenando. - Usem seus celulares!

Alegre e bem disposta, alonga os braços e as pernas, com um sorriso solto no rosto. É só quando o grupo estiver distante o suficiente que assume uma expressão séria novamente, para logo dar um pequeno sorriso maroto e uma piscadinha para o rapaz bonito e para Lúcia.

- Isso foi divertido - admite, a voz, o cabelo e tudo o mais mudando enquanto fala.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Theron Alistair

avatar

Mensagens : 252
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sex Mar 30, 2012 8:53 am

*Assim que termina de falar com Katherine, Theron volta para o grupo mas ainda com um pouco de preocupação*


- Vocês tem o número para falar comigo diretamente caso seja necessário. Espero que não tenham tomado café da manhã, estamos na hora do almoço já. - Ela checa o relógio já ajustado no pulso, um breve sorriso dando lugar à expressão séria antes de terminar de nascer. - A missão acaba de começar... I have faith in you. Godspeed.


"Calma... hora do almoço? Eu vou almoçar, sério? Finalmente?!"

*Já com um sorriso no rosto, senta ao lado da motorista. Assim que repara que mesma está usando o cinto de segurança, prende o próprio mas não sem antes de soltar um leve "Oh" de espanto. Não bastasse ter que andar de carro, ainda tem que colocar o desconfortável cinto de segurança...*

*Depois de brigar um pouco com o botão de abrir o vidro -e um pouco com o cinto- Theron acena para Katherine, Lucia, Alex e o novo rapaz. Após isso, ele se acomoda no banco e direciona a voz para a italiana.*


-Senhorita Selina, faça o que tiver que fazer que eu improviso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Capris

avatar

Mensagens : 280
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 32

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sex Mar 30, 2012 12:58 pm

*Capris acena de volta para os que ficam, antes de começar a acariciar o carro e dirigí-lo.

Ao notar a interação de Theron com o carro, ela ergue uma sobrancelha*


-Não andou em muitos carros na vida, é?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Theron Alistair

avatar

Mensagens : 252
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sex Mar 30, 2012 5:34 pm

-É o primeiro que eu entro...



[ff por nossa conta?]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Capris

avatar

Mensagens : 280
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 32

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sex Mar 30, 2012 5:55 pm

-Você... nunca andou de carro? *Arregala os olhos. Pensa um pouco*
-Então você só... tipo... sai voando pra todo lado é?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Theron Alistair

avatar

Mensagens : 252
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sex Mar 30, 2012 10:51 pm

-Uhum...

*Se acomoda, confortável*

-Assim, tinhamos carros... mas nunca precisei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Capris

avatar

Mensagens : 280
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 32

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sex Mar 30, 2012 11:00 pm

-E não te dá problema sair voando por aí?
*Ela dirige naturalmente, tranquila, conversando.*
-Quero dizer... antes de você, eu nunca tinha visto alguém voando sem algo tecnológico pra fazer voar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Theron Alistair

avatar

Mensagens : 252
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sab Mar 31, 2012 1:56 am

-Depois que eu vim pra cá, eu parei de voar por aí, né... muitos sub-humanos, não estão pronto para nós.
-Digamos que o país daonde eu vim é bem fechado, mas sabíamos respeitar uns aos outros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Capris

avatar

Mensagens : 280
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 32

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sab Mar 31, 2012 1:58 am

-Aham, entendi...
*Ela decide não perguntar mais, porque ele havia dado um faniquito quando ela perguntou sobre seu lugar de origem. Respeita que ele não quer falar disso, e continua dirigindo, quebrando o silêncio só se alguém falar algo com ela.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Theron Alistair

avatar

Mensagens : 252
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sab Mar 31, 2012 2:07 am

[FF?]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Capris

avatar

Mensagens : 280
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 32

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Sab Mar 31, 2012 1:18 pm

(por mim sim, apesar que o Razor também tá no carro)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yy
Admin
avatar

Mensagens : 519
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 31
Localização : Everywhere

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Seg Abr 02, 2012 12:08 am

!!!!!!!!!!!!!!TIME TWIST!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


De dentro da sede da brigada, barulhos podem ser ouvidos de fora, reverberando por toda a cidade. No último andar do prédio mais alto, luzes giram pelos corredores, com funcionários correndo de um lado para o outro em um padrão organizado, fruto dos anos de treinamento para situações de emergência.

Uma deles vem pelo corredor que leva ao comando central, de saltos altos e agarrada à uma mochila com documentos quase saltando para fora, o ritmo de manter alguma velocidade sem derrubar nada deixando pouco espaço para concentrar-se no que vem à frente.

Em uma curva fechada, a porta automática abre, fazendo com que a garota tropece no degrau, a mala traçando um rastro de papéis esvoaçantes enquanto traça um arco até o chão. Ainda no chão, ela tateia, em busca dos óculos centímetros à frente, os olhos semi-cerrados aparentemente não sendo de muita valia.

De dentro da sala, o alto comando vê a cena, ainda em meio ao café da manhã presidencial, honraria dada aos oficiais de maior posto, e única refeição de toda base com refil ilimitado de sorvete de morango.

- Outra vez correndo sem olhar por onde vai, Aiculir! - A senhora severa fala, os olhos tapados com uma faixa como a imagem da justiça - Nós, os campeões de tudo que é justo e belo, devemos sempre estar alertas! O mal triunfará se não formos os bastiões do que é bom e justo no mundo, e para isso é necessário vigilância! Entendeu? VIGILÂNCIA! - Ela diz, sacudindo a pobre garota enquanto fala, os outros com uma ligeira gota pelo mal humor constante daquela que tudo vê entre os campeões supremos da cidade.

- V-você fala i i i sso por q... q... - Rozario, o Curandeiro, tenta justificar o erro da secretária, atrapalhando-se em um espirro e tendo a vontade de falar cortada pelo meneio de cabeça da severa dama - que... atchim! Eu... eu... @_@

- Ele está certo, nobre companheira de causa - A voz angelical da paladina da justiça ecoa pela sala, enquanto a garota radiante atravessa o salão e toma a secretária das mãos da Justiceira, protegendo a cabeça dela no próprio peito. - Ouço alarmes vindo de fora, certamente nossa acólita fez o seu melhor para que a notícia chegasse à nós de forma célere. E cabe a mim, Sirpacetihw Lightbringer, aventurar-me contra o grande mal que nos assolará, mesmo que a segurança de todos vocês custe-me a vida, é o preço que pago sem dor ou culpa, porque sei que a luz de minhas ações sempre se refletirá naqueles que caminharão após meu sacrifício. - A garota diz, enquanto feixes de luz penetram a janela iluminando-a, os cabelos ruivos esvoaçando e uma lágrima caindo do rosto, um das mãos segurando firmemente a secretária que se debate aparentemente não tendo muito sucesso em se libertar.

- Eu... acho que ela está se sufocando ._. - Do canto da sala, em meio à um jardim convenientemente instalado abaixo dos painéis de vidro que permitem luz natural entrar, a garota com o rosto de madeira fala, aparentemente preocupada com a pobre criatura sob o abraço da paladina, mais forte que o da justiceira. - Você deveria... bem... soltar ela i.i'

Ouvindo as palavras da druída, Lightbringer solta a garota no chão, que cai respirando como um quase afogado, a mão finalmente encontrando os óculos de lente grossa e levando-os ao rosto.

- O-obrigada Iguihtak - Ela diz, finalmente recompondo a fala e começando a organizar os documentos. - Nós estamos em alerta máximo! Os Parallelskins estão atacando de novo, é horrível! Dois terços da brigada já foram vencidos, é necessário que a maior equipe da cidade intervenha, ou perderemos a base! - A menina diz, balançando os braços e gaguejando, sob o olhar severo dos heróis.

- Bem, o povo precisará de nós - Levantando-se de sua cadeira, o homem vem com voz firme, puxando toda atenção da sala. General Noreth Niquechoks, o maior telecinético do reino e líder da equipe de elite de super-heróis da cidade rubra. Os outros o acompanham andando, enquanto a secretária se curva levemente para entregar os memorandos, o oficial recebendo-o com toda a dignidade inerente de seus cento e trinca centímetros de altura.

Após alguns, os papéis novamente voam pela sala, agora com seu conteúdo plenamente decorado pelo líder, o cérebro avantajado já traçando a estratégia perfeita. Ir até lá e socar tudo.

- AVANTE ROCKET PUNCHS!

Segundos depois, desenrola-se uma batalha emocionante na entrada do castelo. Sob os golpes telecinéticos de Noreht, as rajadas de luz de Sirpacetihw, e inimigos incapazes de fugirem dos olhos que tudo vêem da mal humorada Liagxela sem tropeçarem nas vinhas traiçoeiras de Ighihtak, a maioria dos buchas soldados da gangue ParallelSkins cai, restando apenas os supermembros do grupo.

- Há há há, vocês nunca escaparão de minhas armadilhas - Grita o doutor Malcon Lapan, com engenhocas correndo atrás de nossos bravos heróis - O mundo não está pronto para - Enquanto a fala era feita, o pobre homem é atingido pela impaciente Liagxela, obviamente não com o lado cortante da espada, enquanto as criaturas ainda ativas são destruídas com a rajada de luz de Sirpacetihw.

- Mais um bom trabalho, ROCKET-PUNCHS! - O orgulhoso Noreht, telecinético do bando, começa o discurso, não notando a clava perigosamente vindo em sua direç...


*******

Em uma cama da ala hospitalar, a visão do maior telecinético do mundo volta a ter foco, mostrando Rozario, o curandeiro, com as mãos ainda brilhando com a poderosa magia de restauração, o rosto trêmulo como o de alguém que fez alguma ofensa e está com medo de apanhar, como sempre.

- D-desculpe na-não estar em campo comandante.. - Ele diz, tremendo. - Todo o esquadrão foi vencido pela campeã dos ParallelSkins, mesmo mi-minha cura não teria valia...

Esbugalhando os olhos, o comandante levanta-se, ainda machucado, a preocupação com a terra que os RocketPunchs juraram defender estando acima da dor física e moral da derrota. Porém, aparentemente a ala de hospital continua intacta, e nenhum som de combate vem do lado de fora.

Repentinamente, a porta automática se abre, revelando a vil figura de NAIRBRO, o velho e sagaz feiticeiro que é líder da vil gangue!! Porém, sua face é calma, e ele entra acompanhado por Sirpacetihw e Liagxela.

- Olá... - O homem velho diz, após levar quase um minuto para se deslocar da porta até o quarto, a fala quase tão arrastada quanto o ritmo do andador utilizado de apoio para as pernas frágeis. - Não mais haverão guerras, espero que os reinos possam se unificar em paz agora... hu hu hu *******!!!!!!!!!!!!!! Flash!!! O homem desaparece como fumaça, mais uma magia vil e desconhecida para nossos heróis!

- O... o que? - Noreht diz, ainda atordoado.

- A justiça foi feita, querido mentor. - Liagxela diz, a voz firme e serena enquanto os olhos vendados tornam a fala impessoal - O bem foi feito para o reino, e graças à negociação do dia de hoje, o acordo nupcial encerrará toda a guerra e mágoa que perdura há gerações.

- É realmente belo ver tamanho exemplo de justiça e compaixão, nobre mentor - A bela paladina Sirpacetihw diz, apreciando a luz que entra pela janela com um sorriso no rosto - Sua união com Esileria, filha do feiticeiro NAIRBRO e campeã dos ParallelSkins, jamais será esquecida! Que seus filhos sejam poderosos e possam unir a virtude dos dois clãs, reinando com igualdade, liberdade e fraternidade para os dois povos que hoje se tornaram um!

Ainda tentando raciocinar, Noreht olha para a porta, enquanto uma grande sombra toma o quarto. Do lado de fora, uma mulher de quase três metros (Independente da medida ser vertical ou horizontal) e braços fortes contrastando com as banhas espalhadas pelo corpo e duras como aço, tenta se enfiar no pequeno quarto, o corpo não permitindo a passagem ao mesmo tempo que a pesada clava de madeira negra, enquanto o capacete com chifres gruda-se na porta, o esforço gerando suor enquanto o cheiro caracteristicamente ruim do corpo invade o quarto.

Com um salto, Noreht está na parede oposta, os olhos esbugalhados. No meio tempo, a criatura afasta-se da porta, enquanto as duas garotas confiantes desejam boa sorte ao destemido herói, saindo e arrascando o curandeiro Rozaria para o corredor. Antes que o ser faça uma investida, com as portas abrindo perigosamente centímetros extras, Noreht junta a situação em sua cabeça e apela para o inapelável. Dane-se o reino, casamento à força é clichê demais.

- X-irtae-B!!!! - Ele grita, a fiel vitrola de multi-frequência atendendo com educação.

- Boa tarde nobre senhor Noreht, honorável patrono e novo defensor do reino através do sagrado matri - A vitrola tenta continuar os eventuais minutos de elogio antes de executar alguma função, mas é interrompida com um safanão telecinético do homem (Que, à essa altura, já tentou mais de 3 na criatura à porta sem movê-la um centímetro sequer.)

- Ativar fenda temporal de viagem!!! É uma emergência!! Padrões gerados randômicamente, log de destino deletado imediatamente, VAI!!!

Obediente, a máquina de penúltima geração compila dados, abrindo uma fenda temporal que suga os 1,30m de heroísmo do homem, nunca mais visto no reino ou encontrado.

Da sala de recuperação, uma figura anda calmamente pelos corredores. Mordiscando uma maçã, a garota vem com calma, cantarolando, uma das mãos arrastando a pesada clava como se fosse um guarda-chuva. Do uniforme barbárico adotado, é difícil imaginar que uma garota frágil assim possa carregar algo tão pesado com tão pouco esforço, a barriga e braços magros e firmes não indicando o mínimo grau de super-força.

- Olá Elisora - Ela diz para irmã, uma criatura de 3x3 metros trajada da mesma forma e portando o mesmo tipo de arma. - É aqui que está o meu futuro noivo? Finalmente o papai conseguiu um acordo que eu quisesse, já fazem dois anos que venho cá visitar ele como uma funcionária infiltrada e nosso amor é impedido pela impossibilidade de casamento entre RocketPunchs e ParallelSkins - A voz ligeiramente rouca soa feliz pelo corredor, enquanto uma segunda mordidela na maçã dá lugar à um sorriso bonito, longos cabelos ruivos envolvendo o rosto fino e belo de Esileria, atual campeã do clã. - Creio que ele vai ficar feliz com a surpresa, não? - A menina estica as costas perguntando, a pesada arma nas costas contrastando com o corpo esguio.

Da porta, a irmã parece não ter resposta... A imagem se torna turva, revelada pela tela de X-irtae-B como os últimos minutos de gravação do que ocorreu naquele plano, agora inalcançavel para Noreht, que assiste à cena atônito em meio à um poço de pixe, dinossauros correndo ao fundo.

- Como indicado, a possibilidade de retorno ou rastreio é da ordem de 0% senhor. Deseja que o último arquivo pego na fenda temporal seja apagado?

- Senhor? Senhor?

O computador passa alguns minutos ainda repetindo a pergunta, de frente à um homem aparentemente petrificado, olhos e bocas esbugalhados de um modo quase que humanamente impossível...


FIM =D

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sidekicks.adoforum.net
Yy
Admin
avatar

Mensagens : 519
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 31
Localização : Everywhere

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Qui Abr 05, 2012 2:23 am

"- Senhor?

- Senhor??

-SENHOR!!"

Segurando levemente a respiração, Theron acorda, a cabeça encostada na lateral do carro em meio à um cochilo. Mesmo à alta velocidade, o veículo parece deslizar sobre a pista, calmamente pilotado por Capris/Selina enquanto os dois homens de terno ao fundo se distraem olhando as janelas, o silêncio dos presentes parecendo conter uma realidade à parte do mundo lá fora, mantida por vidros que amenizam o sol, ar-condicionado e uma música animada em volume mediano iniciando.

http://www.youtube.com/watch?v=5sy4rNSwCT4

(Mesmo esquema do No Heroes. Marcadores com letra da música e ação. Como pessoal comentou que o primeiro teve tempo de sobra pra ler, resolvi rechear mais as partes entre os marcadores. Pra mim ficou em um ritmo bom, dá pra ter uma leitura contínua sem ter que correr ou ficar esperando o próximo marcador.

Diferente do primeiro, esse post é menos sobre emoções e mais sobre acontecimentos. Os eventos listados aqui são a compilação de 2 semanas do grupo no hotel. Encare as cenas como recortes de stop-motion. Alguns segundos em um lugar podem representar dias e dias, com roupas e pessoas mudando a cada frame.

Por ser um post de ações, não coloquei marcadores de qual parte corresponde à cada personagem. Acho que ficou claro, até porque nesse caso o foco está desbalanceado pra quem ficou de chamar a atenção em cena.


Como de costume - do tipo, segunda vez que tentamos isso - recomenda-se ler o post podendo reservar 3 minutos e meio unicamente para ele, sem programas de pop up, conversas paralelas e vídeo devidamente carregado antes da leitura começar, pra não emperrar. Espero que gostem, é um tipo de post mais trabalhoso mas eu ao menos tenho me divertido bastante encaixando as cenas :3)






********************************************************
[Instrumental]

Com um sorriso Capris nota o garoto acordando, tirando os olhos da estrada por um segundo enquanto ele se situa. Após poucos segundos, uma curva aberta dá lugar à uma reta grande, a estrada aparentemente recém-pavimentada, sem um buraco ou marca sequer visível, convidando a mão da garota a passar a quinta marcha e pisar fundo no acelerador, o carro gerando um baque suave com o aumento repentino de velocidade.

[AH! Surprises caused by the sting of sight]

Em poucos minutos, o carro chega até o hotel, funcionários rodeando-o para revezar o ato de carregar malas. O saguão se abre para os 4 passageiros, nunca incomodados com detalhes como pagamento e reserva e sendo conduzidos diretamente para o restaurante. O almoço servido quase que imediatamente, com uma incrível variedade de...

[Get to the point and shut up!]

Com um empurrão da jovem, as portas duplas do quarto se abrem, dando passagem para o corredor luxuoso que leva ao elevador. Em questão de minutos o grupo adentra o cassino, a menina girando sobre os calcanhares enquanto a janela de vidro deixa a lua banhar o local.

[The stakes are up and your eyes are down
Step right up for another round]

O balcão de mogno escurecido do local recebe o peso de um dos cotovelos da jovem, conversando animadamente, noite após noite, as companhias, vestidos e ânimos parecendo mudar a cada drink.

[Instrumental]

Do fundo do salão, os dois homens são como constantes no ambiente mutável, gárgulas com olhos somente para a garota. Após a passagem de um negociante bêbado, um deles checa o celular, abrindo um sorriso e ajeitando o cabelo enquanto gira nos calcanhares, o soco-inglês já com sangue coagulado fugindo da atenção dos presentes enquanto o sapato de couro italiano impede a porta do banheiro de se fechar completamente.

[You describe intentions with an olive branch
You may be killing in a lot of fans except for me]

Com um set de ternos diferentes e em uma outra área do cassino, o segurança de cabeça raspada mantêm a posição enquanto o outro retorna com um papel, passado de mãos e rapidamente guardado no paletó junto ao sorriso de ambos.

[As for another day]

Sob os olhares pouco discretos de alguns dos hóspedes, a garota de bikini parece voar, em direção à piscina, saindo próxima a borda e aceitando o copo decorado trazido pelo acompanhante com um sorriso.

[The stakes are up and your eyes are down
Step right up for another round]

Em roupas leves e brancas, a garota gira com os braços para cima na boate do local, de frente para o homem que parece não saber exatamente como se comportar no ambiente barulhento e cortado por feixes de luz. Vindo de lugar nenhum, uma mão agarra o pulso da jovem, enquanto um cidadão qualquer se projeta para beijá-la. Antes que o casal dançando tenha reação, a câmera instalada nos óculos de um dos seguranças já registra o homem, cada vez mais próximo devido aos passos controlados do portador do aparato de filmagem, ligado diretamente à...

[Piano]
Dentro de um quarto fechado, as cores da foto recém tirada parecem fugir da tela e refletem-se nos óculos de lentes retangulares de Katherine, dedos digitando furiosamente enquanto imagens giram e se combinam em um modelo em 3d do prédio, ligando eventos, pessoas e arquitetura em um mapa pulsante, atualizado diariamente por fontes de todo tipo. Com um sorriso, ela se serve de uma xícara de café e aponta o vídeo de um homem voando, na tela, para as outras duas garotas conversando na cama.

[2 batidas ao fim do piano]

O corpo atravessa a vidraça do salão de festas, após um arremesso típico de aikido por parte de um dos seguranças, enquanto a garota que havia sido abraçada à força bate palmas contentes ao fundo.

[The stakes are up and your eyes are down
Step right up for another round]

Com o notebook no colo, a garota ruiva parece ler algo, virando-o para os presentes com um mapa completo, a deadline programada acusando 53 horas restantes enquanto a menina liga para reservar...

... dentro da piscina aquecida do hotel, os 4 membros comemoram, erguendo novamente copos de tequila da mesa flutuante e virando-os.

[Another round!
Another round
Another round!
Another town... thats going nowwhere ;D]

Os raios de sol passam pela janela semi-aberta, sem que uma cortina tivesse sido fechada para impedi-los de atingir os rostos dos presentes, deitados há menos de 1 hora atrás.

[if.I.let.you.back.into.this.town]

No pátio do hotel, um carro luxuoso chega, com a placa especial indicando ser alugado por um hóspede. Após posicionar-se na entrada, a porta é aberta por um dos funcionários, que recebe a chave e bagagem de mão da motorista.

Levantando-se, ela sacode os cabelos de tom rosa, retirando os óculos escuros e abrindo um sorriso para o local, como o de uma criança que já brincou por todos os seus cantos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sidekicks.adoforum.net
Yy
Admin
avatar

Mensagens : 519
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 31
Localização : Everywhere

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Qui Abr 05, 2012 2:57 am

Os dias e noites no hotel parecem se fundir, passando de forma rápida e torcendo a noção de tempo dos membros através de festas constantes e sono irregular e em horários variados. É como se as duas semanas tivessem sido um grande dia cortado por cochilos e a ocasional necessidade de conversar ou seguir alguém que tenha sido apontado pelo grupo de Intel.

Em meio à confissões de empresários e negociantes embriagados pela mistura de bebida e beleza de Capris, comentando coisas ao lado de Theron pouco cientes do entendimento do garoto e implorando que Napalm ou Razor parassem o espancamento sem entender o porque das câmeras não terem acusado nada para a segurança do local, a informação acaba fluindo. O local é realmente uma das bases de operações de Marco, geralmente utilizado para negociações grandes ou o simples lazer que o clube fornece. Mesmo em baixa temporada, o hotel é frequentado por playboys e meninas ricas sustentados pelos pais, e a boate recebe jovens da cidade e de locais vizinhos durante os fins de semana, com movimentação forte entre quinta e domingo.

Existem quartos secretos para negociação, descobertos por Alex e informados aos presentes, mas sem um sistema de monitoramento para ser hackeado. Aparentemente uma das suites liga-se à esses locais, mas mesmo sem uso há 4 meses encontra-se permanentemente reservada. Graças aos esforços conjuntos do time, está disponível um mapa interativo do hotel, contendo não só sua estrutura como locais secretos de reunião e atividades e pessoas associadas.


A informação mais quente é de que, no dia 6/04, Marco terá uma negociação a ser resolvida ali, já estando com passagens reservadas. O grupo ainda conta com 4 dias de preparação até que isso ocorra, e foi decidido integrar Alex(andra) como prima de Capris (Selina), junto à desculpa de, 2 dias depois, sair com a prima e encontrar-se pessoalmente com Katherine e Lúcia para dividir impressões e planejamento.


Já com pressa de participar da diversão, a ninja chega ao local cedo no dia de incorporação, às 10 da manhã (5 horas antes da previsão de aparecer após o horário de almoço). No quarto de cima, os membros do grupo estão dormindo há poucas horas, após uma noite de festa (Celebrada de forma particularmente pesada no sentido alcoólico por Razor e Napalm, até então cumprindo o papel de seguranças enquanto Theron e Capris tinham horas do dia para simplesmente se divertirem).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sidekicks.adoforum.net
Capris

avatar

Mensagens : 280
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 32

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Qui Abr 12, 2012 12:59 am

*Durante o tempo todo, Capris se mostrou natural em seu papel de garota mimada se divertindo. Especialmente quando alguém tinha que se embrenhar pra descobrir algo, a italiana rápida e convincentemente tratava de fazer algo pra alguém olhar, como sonoramente estapear a bunda de Theron para pedir-lhe que buscasse algo a ela, ou dava uma de quem estava ficando bêbada e começava a falar alto, ou se colocava a dançar animada e deixava a "informação quase vazar" da própria roupa - QUASE. No dia que os caras resolveram se embebedar, Capris bebe pouco só pra ficar sóbria e ver o que vai sair daquilo.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gail

avatar

Mensagens : 184
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Qui Abr 12, 2012 1:52 am

Alex pisa com o salto alto para fora do carro de luxo. Veste um vestido elegante em tom pastel e com ares de grife, o cabelo cor de rosa preso num coque comportado, jóias caras, porém discretas no pulso, nas orelhas e no pescoço delicado.

Faz o check-in, dando gorjetas generosas aos funcionários por permitirem que ela se hospede mais cedo que o esperado e perguntando sobre sua prima, se informando sobre seu quarto. Não, não quer incomodá-la ainda, se a conhece bem, passou a noite festejando.

Em todas as atitudes, demonstra elegância e educação e seus gestos fazem o cabelo exótico passar praticamente desapercebido ou pelo menos ser relegado a segundo plano, um detalhe excêntrico de uma jovem rica. Poderia ter mudado a cor do cabelo, mas queria chamar atenção... seria importante chamar atenção... eventualmente.

Ela segue para o quarto e se acomoda, um sorriso pequeno, revelado apenas por uma covinha em uma das bochechas. É divertido andar finalmente pelos corredores que tanto observou. Sente vontade de acenar para umas das câmeras e dar um alô para Katherine, mas se limita a carregar consigo seu pequeno sorriso divertido. Seus olhos violeta brilham, entrando cada vez na personagem que deve representar novamente.

"É divertido ser Alex" - pensa, se estirando no sofá confortável que faz parte de suas acomodações. Em seguida, saca o celular da bolsa e telefona para sua adorada prima, aguardando pacientemente que ela atenda o telefone.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Capris

avatar

Mensagens : 280
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 32

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Qui Abr 12, 2012 3:54 am

*Voz clara de sono*

-Sim?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Theron Alistair

avatar

Mensagens : 252
Data de inscrição : 28/10/2008

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Qui Abr 12, 2012 11:01 am

*Depois de meses "preso", foi a última semana que o liberou. A mudança na parte exterior da personalidade de Theron foi berrante. Ele está conseguindo se expressar bem melhor, se sente mais entrosado e não tem medo de falar querendo ser engraçado, mas ainda continua com aquela pitada de timidez sempre presente; não que isso o tenha impedido de reagir de acordo com as estimulações de Capris, mas ainda se comportando como boy-toy.*

*Quando chegaram no apartamento na noite (madrugada) anterior, Theron foi o primeiro a capotar no sono. Acordou cedo, com uma puta dor de cabeça, e foi tomar banho. Depois, no banheiro mesmo, o alien senta no chão com as pernas cruzadas e fecha os olhos, o que vinha fazendo nos últimos 3 dias. Mesmo achando que pode estar seguro ali, sem nenhum olho o espiando, ainda sente o medo de ter alguma câmera escondida nos banheiros, por isso sempre tem uma toalha enrolada na cintura nesta hora. Sentado, ele levita. Apenas poucos centímetros e por pouco tempo, o necessário para deixar de sentir o solo por uns instantes e se sentir livre novamente.*

*O jovem sorri, destranca a porta e entra no quarto já semi vestido, procurando alguma camisa pelo quarto. O telefone de Capris toca, Theron o encara franzindo a testa.*


*Voz clara de sono*

-Sim?

-Shhh... fala baixo...
*...de ressaca.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Gail

avatar

Mensagens : 184
Data de inscrição : 22/10/2008
Idade : 29

MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   Qui Abr 12, 2012 7:19 pm

- Hey gata, estou no meu quarto, não muito distante do seu - fala em tom divertido. - Pelo jeito a noitada foi boa... É o Pietro que está aí com você? - solta uma risada. - Não imaginava que ele ia levar as coisas tão a sério!

- Bem, sua linda priminha chegou mais cedo, venham me encontrar no meu quarto quando estiverem acordados... o número é ___. E não esqueça de trazer seus guarda-costas!


Última edição por Gail em Qui Abr 12, 2012 7:48 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dia 19/03/00 - Club Hotel Casino Loutraki
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Um hotel tem 30 quartos para casais. O gerent
» hotel
» A mega operação para a visita de Obama à Índia.
» Quantos Ateus Tem Nesse Fórum?
» Regra de três - (alimentação)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
sidekicks :: Grupo-
Ir para: